top of page
  • Foto do escritorFernand Lodi

Aço inox genuinamente mineiro decora as vitrines e equipa cozinhas do Centro de Referência do Queijo



Aço inox genuinamente mineiro decora as vitrines e equipa cozinhas do Centro de Referência do Queijo Artesanal de MG


Dez toneladas do material produzido pela Aperam em Timóteo (MG) foram doadas para o empreendimento, que une história, cultura e gastronomia


O aço e o queijo estão intimamente ligados à identidade mineira, e essa relação foi levada ao “estado da arte” no novo Centro de Referência do Queijo Artesanal de Minas.


O espaço, que foi inaugurado este mês de março, em Belo Horizonte, combina a estética contemporânea favorecida pelo metal a uma das maiores tradições do Estado, o modo de fazer o queijo artesanal. E o resultado é surpreendente.


Dez toneladas de aço inoxidável genuinamente mineiro - o material foi produzido pela Aperam em Timóteo (MG) e doado para o projeto - revestiram uma sofisticada e extensa vitrine que, em formato curvo, representa um outro componente indissociável do espaço geográfico mineiro: as montanhas.


Por outro lado, parte de todo esse inox doado pela Aperam terá um uso técnico: vai ser aplicado nas bancadas e pias das cozinhas, localizadas no segundo piso do espaço, pelas características que oferece, como a maior resistência à corrosão, mais durabilidade e facilidade de limpeza - além de impedir que as bactérias se multipliquem na superfície.


“Nesse projeto nós temos o aço inox onde ele deve ser usado por causa de todas as suas vantagens técnicas, que são nas cozinhas profissionais. Então, nós usufruímos do uso clássico do inox para onde ele é indicado. Mas, além disso, quisemos fazer algo diferente de tudo que já foi feito, usando de maneira decorativa e representativa a cultura mineira”, disse José Lourenço.


Para o presidente da Aperam South America, Frederico Ayres Lima, participar da concretização de um projeto com tantos significados para Minas e para o Brasil é motivo de grande honra e orgulho.


“A Aperam é mineira. Foi fundada em Timóteo, há 79 anos. Nascemos no pé das montanhas que forneciam o minério e a água, e Minas ainda hoje é a nossa base. Ver nossa história representada ali, com o inox e o queijo, um alimento com tantos significados, é emocionante”, disse.


Sobre a Aperam South America


Primeira do mundo em seu segmento a obter o balanço carbono neutro, a Aperam South America é produtora integrada de Aços Planos Inoxidáveis, Elétricos e Especiais. É líder na América Latina em aços planos especiais e a única desse segmento, em todo o mundo, a utilizar apenas carvão vegetal como energia renovável. Com o Aço Verde Aperam, é também a única em seu segmento, no Brasil, a ter a certificação Responsible Steel, uma conquista de fevereiro de 2023 que atesta o compromisso da empresa com a construção de um mundo mais sustentável.


Atualmente, tem capacidade produtiva de 900 mil toneladas de aço líquido por ano na planta industrial de Timóteo, no Vale do Aço. A Aperam está presente também nas capitais São Paulo e Belo Horizonte, além dos municípios mineiros de Capelinha, Minas Novas, Itamarandiba, Veredinha e Turmalina, no Vale do Jequitinhonha, onde mantém a subsidiária Aperam BioEnergia. A Aperam South America hoje é responsável pela geração de cerca de 3.200 empregos em Minas Gerais e uma receita de 1,516 bilhão de euros em 2021.


Além do aço inoxidável, a empresa produz aço elétrico e aço carbono especial, sendo que todo o aço é verde, produzido com carvão vegetal obtido de suas florestas renováveis de eucalipto.


A sede da multinacional fica em Luxemburgo, país europeu vizinho à França e à Bélgica, onde estão outras cinco plantas industriais. Ao todo, são 30 escritórios em todo mundo. Anualmente, o Grupo do qual a Companhia faz parte produz 2,5 milhões de toneladas de placas de aço.



Comments


  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
bottom of page