• Fernand Lodi

ACE e CDL - Timóteo se reúnem com Prefeito para cobrar medidas sobre o comércio



Aconteceu na tarde dessa segunda-feira (30/03), na sede da ACE e CDL de Timóteo, uma reunião para debater as medidas a serem tomadas para o comércio de Timóteo em razão da pandemia de COVID-19.


O encontro contou com a presença do presidente das entidades, Heine Quintão, do prefeito Douglas Willkys, o secretário de Desenvolvimento econômico, Hiler Félix, o secretário de saúde, Eduardo Morais, e o procurador-geral do município, Humberto Abreu, diretores da ACE e CDL e de empresários da cidade.


Os questionamentos levados ao prefeito pelos empresários são os impactos que o fechamento do comércio, decretado no dia 21/03, está causando nas empresas da cidade.


A classe empresarial solicita a liberação da prefeitura para que as empresas possam funcionar e honrar suas responsabilidades junto aos funcionários e fornecedores, pois o receio de demissões e quebradeira em massa é grande.


Salientam que respeitarão todas as medidas de prevenção orientadas pelos órgãos internacionais e tomando as precauções necessárias para manter a saúde de clientes e colaboradores.


Segundo o presidente da ACE e CDL de Timóteo, Heine Quintão, a Associação busca junto ao poder público um equilíbrio desde antes do dia 21/03, de forma a minimizar o risco da população conforme orientações dos órgãos de saúde e permitir o funcionamento do comércio e demais empresas da cidade de forma responsável.


“Ficou definido que faríamos uma análise atual do decreto do governador, comparando com o decreto municipal. Elaboraremos um documento sugerindo uma interpretação que possibilite mais empresas funcionarem, ainda que de maneira parcial. O documento será enviado até amanhã, 31/03, para análise do poder executivo, para submeter na reunião do comitê de crise do município, na próxima quarta-feira. Em nível estadual, a FCDL, Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Minas Gerais, está também se reunindo com o governador e esperamos um posicionamento para que as empresas possam voltar a funcionar, respeitando, é claro, todos os parâmetros de saúde e higienização que somos orientados”.


O prefeito Douglas Willkys se mostrou disposto a analisar as demandas levantadas na reunião e, assim, encontrar um caminho onde haja o equilíbrio entre a questão econômica e social da cidade.

Posts recentes

Ver tudo