• Fernand Lodi

Agenda de Convergência é apresentada no Fórum Mineiro de Consórcios e Cidades inteligentes



O presidente da FIEMG Regional Vale do Aço e coordenador da Agenda de Convergência, Flaviano Gaggiato, participou nesta segunda-feira, 31/05, do Fórum Mineiro de Consórcios e Cidades Inteligentes promovido pela Rede Nacional de Consórcios.


O objetivo do evento, segundo Narcélio Alves Costa, diretor executivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência e Emergência do Leste de Minas (Consurge) e Presidente do Consórcios Intermunicipais de Saúde de Minas Gerais (Cosecs- MG) é divulgar ações e políticas públicas para consórcios agregando valor e gerando economicidade para os municípios, promovendo melhores serviços para a população e melhoria da qualidade de vida nas áreas de saúde, meio ambiente e resíduos sólidos.


“Nossa expectativa é que os municípios possam ter acessibilidade a esse tipo de ação. Sabemos que os municípios de pequeno porte não têm dentro do seu escopo, dentro da sua área de abrangência, profissionais qualificados e tão pouco os serviços acessíveis, se tornando muitas vezes inexequíveis, devido à falta de estrutura necessária para que seja autossustentável, daí a necessidade do consorciamento para trazer efetividade nas ações e melhoria nas políticas públicas”, explicou.


Convidado do painel 3, Gaggiato apresentou o modelo de governança, principais projetos, conquistas e desafios da Agenda de Convergência do Vale do Aço, criada em 2011 pela FIEMG em conjunto com entidades representativas.


A iniciativa visa identificar, priorizar, propor e realizar mudanças que promovam o desenvolvimento socioeconômico regional, a partir de uma Agenda apartidária dividida em seis eixos estruturadores: Infraestrutura, Segurança, Saúde, Educação, Competitividade e Sustentabilidade; onde cada eixo possui um grupo de trabalho formado por profissionais competentes na área, que definem projetos prioritários para o desenvolvimento regional e os implanta.


“Nesses anos de trabalho muitas foram as conquistas e mais ainda são os desafios, mas seguimos confiantes no desenvolvimento da região e na união de lideranças para fazer do Vale do Aço, até 2030, o melhor lugar do estado para se viver e produzir”, reforçou o coordenador.


Na oportunidade, o diretor do Consórcio agradeceu a participação da Federação. “A FIEMG como entidade fomentadora só eleva esse conhecimento de novas práticas e tecnologias para várias regiões do país”, concluiu.


  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram