• Fernand Lodi

Desenvolvimento e Prospecção para o APL Metalmecânico Vale do Aço



Com o objetivo de estreitar relacionamento, alinhar informações e planos que o governo do Estado possui para o desenvolvimento dos Arranjos Produtivos Locais (APLs), a FIEMG Regional Vale do Aço, juntamente com o Sindimiva e o APL metalmecânico receberam nessa quinta-feira, 08/07, a visita do Diretor de Projetos de Desenvolvimento Local da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, Fernando Abreu.


Na oportunidade ele conheceu o APL Metalmecânico Vale do Aço, as instalações do Centro de Excelência em Engenharia e do SENAI, ambos localizados em Ipatinga, além de duas empresas do setor.


Criado em 2016 e reconhecido pelo governo de Minas em 2018, o APL Metalmecânico Vale do Aço é uma associação privada, sem fins lucrativos, que promove o desenvolvimento dos negócios na região.


“As indústrias do APL Vale do Aço modernizaram-se e qualificaram-se, expandindo seus negócios para outras regiões do país e do mundo. Hoje, além da geração de empregos, diretos e indiretos, as empresas do APL Vale do Aço contribuem para o desenvolvimento estratégico não só da região, como de todo Brasil”, destacou Marlon Duarte, presidente do APL Metalmecânico Vale do Aço que agradeceu o apoio e parceria do SEBRAE, IEL, FIEMG, CEFET (campus Timóteo) e Agência da Região Metropolitana do Vale do Aço (ARMVA).


“Apesar das limitações e desafios, avançamos muito nesses anos e podem ter certeza que as demandas surgirão para o governo. Contamos com o apoio de vocês”, ressaltou.


O Diretor de Projetos de Desenvolvimento Local da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, Fernando Abreu, parabenizou a estrutura e governança do APL Vale do Aço e afirmou que o replicará em todo o Estado.


“É no município que as coisas tem que acontecer para chegar ao Estado e vocês detém a força e o entendimento que o APL representa. O Arranjo Produtivo Local Vale do Aço é muito bem estruturado, está em nível pleno, porque além de exportar, consegue atrair indústrias e promover um ambiente de negócios por meio de uma grande associação da região; esse é o grande diferencial”, opinou.


Para Flaviano Gaggiato, presidente da FIEMG no Vale do Aço, essa visita é de suma importância e reafirma o compromisso do governo do Estado no desenvolvimento das cadeias produtivas.


“Nossa expectativa é que após essa visita o APL possa ter mais visibilidade e oportunidades. Somos um polo metalmecânico composto por mais de 200 empresas do setor que detém a expertise para desenvolver e colocar em prática projetos com ampla diversidade de cadeia de valor nas mais variadas áreas, como ferroviária, naval, automotiva, máquinas e equipamentos para mineração e petróleo e gás”, endossou.


Gaggiato reforçou ainda que em Ipatinga está localizado o segundo maior SENAI do país, contribuindo na formação de mão de obra qualificada e o Centro de Excelência em Engenharia responsável por desenvolver soluções tecnológicas.

Além do presidente da FIEMG Regional Vale do Aço e coordenador da Agenda de Convergência, Flaviano Gaggiato; participaram da visita, Marco Antônio Gaspar e Gláucia Fialho Fonseca, assessores da diretoria de projetos e desenvolvimento local do governo; Renato Ferreira, chefe do núcleo de assessoramento técnico especial da ARMVA; Victor Hugo Silva, analista de projetos do IEL, Alessandro Challub, analista do SEBRAE, Rafael Nascimento, supervisor de tecnologia industrial do SENAI; Luiz Sérgio Martins Júnior, analista de Relações Empresariais da FIEMG, e Almir Silva Neto que representou o diretor do CEFET – Unidade Timóteo, Erick Brizon Chaib.