• Fernand Lodi

FIEMG Vale do Aço promove bate papo virtual em sua 21ª edição do Dia V



Evento contou com experiências e relatos de amor pelo voluntariado


Até o fim de 2019, aproximadamente 7milhões de brasileiros praticaram algum tipo de trabalho voluntário, de acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).


Essa multidão de pessoas que se dedica a ajudar o próximo precisou se reinventar desde 2020, quando o contato físico, foi restringido por conta da pandemia da Covid-19. Cuidadores de idosos, contadores de história, pessoas que distribuem doações à população de rua ou que visitam pacientes em hospitais levando conforto, tiveram de parar, pensar e criar diferentes formas de continuar o trabalho.


No Vale do Aço não foi diferente, e pensando no reconhecimento mais que merecido por essas pessoas, empresas e entidades que fazem a diferença durante todo o ano, a FIEMG Regional Vale do Aço, promoveu, de forma virtual, nesta sexta-feira, 27/08 a celebração do Dia do Voluntário.


Comemorado pela entidade há exatos 21 anos, o Dia V é o grande marco do voluntariado ativo e transformador. É o momento de lançar iniciativas, de envolver voluntários e mostrar a força da solidariedade e de comemorar resultados.


“Temos uma rede de voluntários no Vale do Aço muito forte e atuante. Não podíamos deixar de reconhecer e agradecer o trabalho que vem sendo executado, mesmo diante dos desafios advindos da pandemia.


Assim como em todos os segmentos, os voluntários também tiveram que se reinventar e observamos que algumas ações se intensificaram e se voltaram a questões emergenciais, como a mobilização para doar alimentos e produtos de higiene”, disse Flaviano Gaggiato, presidente da FIEMG Regional Vale do Aço.


Gustavo Nunes, prefeito de Ipatinga, parabenizou a entidade pela iniciativa e reforçou a importância do trabalho voluntário como exercício cívico.


“Ano passado os olhares dos voluntários se voltaram para a busca de insumos e recursos para apoiar a gestão pública frente ao grande desafio de atender a saúde da população. Esse ano estamos bem melhores. Ipatinga está com o menor número de internações Covid tanto enfermaria, quanto UTI; em breve toda nossa população adulta estará vacinada e espero que no próximo ano possamos realizar o Dia V de forma presencial, no Parque Ipanema”, pontuou.


Na oportunidade, o vice-presidente da Usiminas, Américo Ferreira Neto, representou o setor industrial e agradeceu a parceria da FIEMG.


“Desde 2001 a Usiminas apoia o dia do voluntário. Para nós é gratificante abraçar essa causa junto à FIEMG. A Usiminas através do Programa VOU – Voluntários Usiminas, estimula a participação dos colaboradores, facilitando as conexões, oferecendo ferramentas para que os colaboradores, por meio de suas habilidades e preferências, realizem ações de significativo impacto social. Tudo isso movidos pelo propósito de fazer o bem”, pontuou.

Durante o bate papo virtual, dois convidados especiais falaram um pouquinho de suas experiências e da paixão pelo voluntariado.


Professor, jornalista, palestrante, com várias formações acadêmicas, fundador e coordenador do Tio Flávio Cultural, movimento voluntário que tem mais de 1000 voluntários em 70 grupos de ação em diversas áreas sociais, Flávio Tófani explicou o porquê do nome.


“Tio Flávio” foi usado porque eu dava aula em cerca de sete faculdades mineiras e, assim, conseguiria o apoio delas para cederem espaços para as palestras. O “cultural” vem de mudança de perspectiva, ampliação da visão e percepção do mundo. Hoje, atuamos em diversas frentes sociais, não apenas com palestras, mas com ações que são pedagogicamente pensadas”.


Para ele os desafios do voluntariado na pandemia são do sofrimento emocional que todos têm vivenciado, além da mudança impactante na vida e prioridade das pessoas e na criação de alternativas possíveis que não substituam o contato presencial, mas que supra o mínimo possível a nossa ausência física.


“Não é tirar um tempo para fazer o bem. É bem mais amplo. É entender o nosso lugar nisso tudo aqui: consigo mesmo, na família, na escola, nos grupos sociais, na sociedade, nesse mundo em que estamos, vivos”, defendeu.


Já Cássia Albuquerque exerce o voluntariado, com brilho nos olhos. Idealizadora dos projetos socioculturais: Chá com Arte e Oficinas Criativas e Solidárias, Cássia relata que os projetos são uma oportunidade para interagir e ensinar o que ela sabe fazer de melhor.


“Ajudo muitas pessoas a ocuparem suas mentes fazendo trabalhos manuais, melhorando a qualidade de vida com alegria e aprendizado, evitando a depressão; além de obterem uma oportunidade de renda extra”, explica.


Para ela ser voluntária é doar com alegria e comprometimento conforme o talento de cada pessoa.


“Seja voluntário em causas que seu talento se encaixe, trabalhe com alegria e comprometido sem esperar nada em troca, a sua atitude vai valer a pena e receberá muitas bênçãos em sua vida”, concluiu.


Campanhas seguem no mês de setembro


A consultora de projeto social da FIEMG, Patrícia Barbosa, reforçou o papel importante do voluntário mobilizador ao convidar para que se unam a campanha apoiada pela entidade: “Cidadão Consciente x Cidades Sustentáveis” que visa orientar e estimular a mudança de atitude sobre o uso racional da água e o descarte correto dos lixos urbanos perigosos para a saúde e nocivos ao meio ambiente.


Para essa iniciativa, empresas e entidades parceiras receberão no dia 11/09, no ECOponto que será montado no hall de entrada do estádio Ipatingão, o descarte de medicamentos vencidos, chapas de raio x, agulhas e seringas no uso domiciliar; lixo eletrônico, óleo usado de cozinha; óculos de grau e armação de óculos, lacres de latinhas e cartelas de remédios vazias, óculos de grau e armação de óculos, além de brinquedos e sobras de tecidos e linhas de costura.

Outra ação, essa em parceria com os sindicatos da indústria: Sindimiva, Sinpava e as delegacias do Sindivest e Sinduscon, por meio da Campanha “Somos Parte” estimula a mobilização com os associados e fornecedores para doação de leite e biscoito que serão entregues aos grupos familiares e entidades que estão em condição de insegurança alimentar na região. A campanha encerra no dia 17/09.


Já o “Engajamento do Voluntariado” é uma iniciativa que fomenta o trabalho voluntário durante todo o ano, através de inscrição e cadastramento no site somosponte.com.br, promovendo a sinergia entre quem precisa de voluntário e quem deseja ser voluntário.


Interessados poderão entrar em contato com a consultora de projeto social da FIEMG, Patrícia Barbosa, através do telefone 3822-1414 ou email patrícia.barbosa@fiemg.com.br

Acompanhe as ações de voluntariado no Vale do Aço por meio do Instagram @somosponte.com.br e Facebook somosponte2020.