• Fernand Lodi

Instituto Usiminas apresenta balanço de 2020



Iniciativas realizadas junto às comunidades, atividades virtuais e projetos patrocinados foram destaque do ano


As ações do Instituto Usiminas ao longo de 2020 mostram que a instituição conseguiu transformar os complexos desafios do ano em grandes oportunidades.


Como braço social da Usiminas e diante do cenário de pandemia do novo coronavírus, o Instituto Usiminas adotou medidas que consolidaram novas formas de relacionamento com as comunidades e colaboradores da empresa, novas parcerias e ainda a ampliação do público e do alcance virtual.


Na gestão de projetos patrocinados pela Usiminas, o balanço foi de R$ 24 milhões investidos em 80 iniciativas culturais, esportivas e sociais, por meio das leis de incentivo à Cultura e ao Esporte, Fundo Nacional do Idoso, Pronas (Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência) e Pronon (Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica) em Minas Gerais e São Paulo. Grande parte do montante patrocinado tem previsão para execução em 2021.


Segundo a diretora do Instituto Usiminas, Penélope Portugal, os desafios vivenciados em 2020 foram vencidos por toda equipe com muita criatividade.


“Este ano foi marcado por muitos obstáculos, mas, principalmente, pela nossa capacidade de superação. Enfrentamos o desafio de ter nossos espaços fechados e o distanciamento do público, com novos programas, que nos permitiram transpor fronteiras e alcançar públicos em todo o país e fora dele. Sem dúvidas, criamos atividades para fazer o Instituto Usiminas chegar cada vez mais longe, que vão permanecer em 2021”, detalha Penélope.


Enfrentamento à Covid-19


A partir de um novo planejamento, o Instituto Usiminas deu início às ações de apoio ao enfrentamento à Covid-19, em parceria com a Usiminas. O primeiro passo foi promover e apoiar iniciativas para mitigar o impacto social da pandemia nas comunidades onde a companhia atua.


Cerca de 120 mil máscaras foram confeccionadas e distribuídas aos colaboradores e comunidade. Para incentivar a economia local, o Instituto Usiminas contratou 89 artesãs e adquiriu a matéria-prima diretamente no comércio das cidades em Ipatinga (MG), Itatiaiuçu (MG) e Cubatão (SP).


“Foram envolvidos 37 artesãos do Vale do Aço, que receberam os materiais em suas casas sem a necessidade de deslocamento. Todos foram remunerados. Ficamos muito gratos de participar deste projeto e pela renda extra neste momento de tantas incertezas”, declara a artesã Cássia Albuquerque, que coordenou a produção de máscaras no Vale do Aço.


Outra ação de destaque foi a valorização e o reconhecimento do trabalho das equipes da Usiminas e da Fundação São Francisco Xavier com apresentações artísticas do Circuito Comunidade Especial, com distribuição de 2 mil mudas de árvores aos profissionais que continuaram trabalhando durante a pandemia.


Proximidade


Para estar mais perto do público, o Instituto Usiminas criou os programas “Circuito Comunidade”, levando apresentações culturais, a bordo do minitrio elétrico pelas ruas de Ipatinga, Itaúna e Itatiaiuçu. Pelas redes sociais, o “Em Casa Com O Instituto Usiminas” apresentou 120 conteúdos gratuitos, entre contação de histórias, oficinas e lives. Por meio do “Delivery de Livros”, serviço de entrega de livros em domicílio, a Biblioteca Central de Ideias do Instituto Usiminas emprestou mais de 500 títulos.


A moradora Maria de Fátima, do bairro Nova Esperança, em Ipatinga, se emocionou ao receber o Circuito Comunidade, com a Orquestra de Câmara do Vale do Aço, na porta da sua casa.

“É muita gratidão à Usiminas por nos permitir acordar num domingo de manhã com uma orquestra linda dessa tocando pra gente. Nunca teve algo tão bonito assim aqui na rua”, comenta.


O Instituto Usiminas abriu também novos caminhos para levar as suas atividades às famílias, estudantes e educadores de todo o mundo por meio da Plataforma Educativa do Instituto Usiminas, uma extensão da Ação Educativa do Instituto, que pode ser acessada gratuitamente pelo site educativoinstituto.usiminas.com.


Com a programação da Ação Educativa, o Instituto Usiminas chegou a 11 estados brasileiros e Portugal. A acessibilidade também é destaque na programação, que teve 90% do conteúdo com tradução em Libras (Língua Brasileira de Sinais).


O Concurso de Redação e Desenho, realizado em comemoração aos 10 anos da Mineração Usiminas (Musa), com a parceria do Instituto Usiminas e apoio da Secretaria Municipal de Educação de Itatiaiuçu (MG), envolveu cerca de 1.200 estudantes do 1º ao 6 º anos, de Itatiaiuçu (MG). Eles fizeram os trabalhos respondendo a pergunta-tema “Como você imagina o mundo daqui a 10 anos?”.


Responsabilidade Social


Além de se reinventar para levar mais arte e cultura ao público, o Instituto Usiminas

promoveu ações de educação ambiental e solidariedade. Por meio do Circuito Comunidade, foram distribuídas 6 mil mudas nas cidades mineiras de Ipatinga, Itaúna, Itatiaiuçu, além de Cubatão (SP).


Em Ipatinga, o Circuito Comunidade promoveu troca de mudas por alimentos, totalizando a arrecadação de uma tonelada, destinada a entidades assistenciais do Vale do Aço.


Em Ipatinga e Itatiaiuçu, produziu uma cartilha com atividades lúdicas de educação ambiental disponibilizada gratuitamente para escolas da rede municipal de ensino, na versão impressa, além da publicação digital disponível para todo o território nacional, nos canais do Instituto.

Outra ação importante foi o lançamento do Programa de Voluntariado da Usiminas (VOU), realizado com apoio do Instituto Usiminas, com o objetivo de envolver ainda mais seus colaboradores em prol de ações para as comunidades onde a Usiminas atua.



  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram