• Fernand Lodi

Lobos-guará nascem em cativeiro no Centro de Biodiversidade da Usipa



O Centro de Biodiversidade da Usipa (Cebus) conta com novos moradores: três filhotes de lobo-guará (Chrysocyon brachyurus) nascidos em cativeiro no zoológico da Usipa.


Os lobinhos, como são carinhosamente chamados pela equipe do Cebus, nasceram em 11 de junho e são criados artificialmente desde o dia 29 do mesmo mês. São duas fêmeas e um macho.

Após três anos se reproduzindo sem conseguir manter os filhotes, o casal Cauê e Tíbia obteve sucesso reprodutivo há pouco mais de quatro meses.


“As perdas de filhotes nos anos anteriores nos levaram a tomar uma atitude pouco comum na reprodução dessa espécie: a retirada dos lobinhos antes de um mês de vida”, explica a bióloga do Cebus, Claudia Diniz.


No fim de junho, os animais foram retirados dos cuidados maternos e desde então, são criados de forma artificial. Os filhotes estão com as vacinas em dia e têm se alimentando de carne, frutas e ração.

“Geralmente, o lobo-guará consome a fruta inteira e por esse motivo é um excelente dispersor de semente, participando assim, da recomposição de áreas degradadas. Isso confere ao lobo o papel de agricultor do cerrado”, conta Claudia.


O Cebus faz parte do grupo, coordenado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), de instituições nacionais e internacionais que se esforçam para preservar a espécie.


“O lobo-guará é um mamífero ameaçado de extinção que faz parte de planos de manejo e por isso é comum a reprodução em cativeiro”, afirma o médico-veterinário e responsável técnico pelo Cebus, Lélio Costa e Silva.


Centro de Biodiversidade da Usipa


Atualmente, o Centro de Biodiversidade da Usipa (Cebus) se encontra fechado para visitação do público, mas segue realizando suas principais ações. São elas: a criação em cativeiro e semicativeiro da fauna regional; triagem da fauna (recepção, tratamento e encaminhamento) e pesquisa de animais silvestres em colaboração com instituições parceiras.


Nos últimos anos, o Cebus recebeu o Prêmio Hugo Werneck de Sustentabilidade & Amor à Natureza e uma menção honrosa no Prêmio Natureza Gerais pelo excelente trabalho que vem realizando em favor da fauna.