• Fernand Lodi

Presentes! Artistas mulheres no acervo da Pinacoteca SP – segunda metade do século 20



Com Talita Trizoli nos dias 25, 26, 27 e 28 de maio de 2021, de 19h às 21h


A presença de obras de artistas mulheres em acervos museológicos é ainda hoje uma questão de intenso debate nos círculos feministas que militam no sistema das artes.


Da compreensão das ausências e jogos de apagamentos, aos critérios de indexação, o acervo de um museu é um território de constante enfrentamento narrativo e organizacional.


Pensando na ainda limitada presença de agentes femininas no bojo da Pinacoteca de São Paulo, esse curso se propõe a tomar o novo rearranjo da exibição do acervo como referência, para sublinhar alguns nomes, apontar alguns lapsos, e questionar conexões.


Ao longo da década de 1970, Linda Nochlin e Griselda Pollock, em locais e com bibliografias específicas, apontaram a presença de obras de artistas mulheres nos acervos museológicos, tratadas ali como itens de segunda categoria, sem os devidos protocolos de conservação e classificação, sendo que muitas dessas obras nunca foram retiradas dos espaços de armazenamento, inviabilizando assim a divulgação e a compreensão das carreiras dessas artistas.


Na cena museológica brasileira, não estamos tão distantes dessas posturas de displicência com as criadoras mulheres, sendo que apenas muito recentemente, as instituições tem tomado posturas mais críticas a essas condições, como já apontou Simioni e Wichers.


Partindo da nova reconfiguração da exibição de acervo da Pinacoteca, propomos aqui estabelecer uma discussão das artistas e obras eleitas para participar da nova montagem, verificar algumas ausências, e com isso, analisar criticamente o escopo curatorial.


Confira o programa do curso completo abaixo:


Aula 1 – 25/05/2021: Mulheres no acervo: um problema ainda existente? Políticas expositivas de gênero e suas limitações institucionais

Aula 2 – 26/05/2021: As abstratas: forma e conteúdo em Fayga Ostrower, Yolanda Mohalyi, Tomie Ohtake, Wega Nery, Gerty Saruê e Mona Gorovitz

Aula 3 – 27/05/2021: As paisagistas: idealizações e disrupções do espaço em Eleonore Koch, Tarsila do Amaral, Amelia Toledo, Anna Maria Maiolino, Rosângela Rennó e Maria Leontina

Aula 4 – 28/05/2021: As figurativas: nova figuração e pop em Maria do Carmo Secco, Maria Lidia Magliani, Regina Vater, Niobe Xandó, Ismenia Coaracy e Tereza D´Amico


Serviço:


200 vagas

R$80,00 (inteira), R$72,00 (amigos e patronos da Pinacoteca) e R$40,00 (meia-entrada).


Inscrições aqui:


Vagas gratuitas (solicitações por ordem de chegada e através deste formulário online)

25 vagas gratuitas para professores de escolas públicas

25 vagas gratuitas para educadores sociais


Saiba mais


O curso será realizado em formato online via Zoom Meetings. O link de acesso à sala online e demais informações para início do curso serão enviadas juntamente com e-mail de confirmação de inscrição.


O aluno deverá usar o mesmo e-mail cadastrado no ato da compra para acessar a sala online, do contrário não será possível realizar o cadastro e acesso à plataforma ZOOM Meetings e os recursos disponíveis para transmissão da aula. Eventuais trocas de e-mail feitas após a compra devem ser comunicadas à organização do curso até 2 dias antes do início do curso.


O curso é online, fornecido no formato síncrono, ou seja, ao vivo. As aulas serão gravadas e disponibilizadas para os alunos regularmente inscritos após a realização curso. A equipe Pina_curso compartilhará o link de acesso dos vídeos por e-mail e prazo de acesso.


A inscrição é pessoal e intransferível. Em caso de inscrição-presente, no momento da matrícula o pagante deve incluir os dados do seu “convidado” e informar a organização do curso sobre tal inscrição-presente, a fim de evitar possíveis equívocos de cadastro ou de compartilhamento dos conteúdos de estudo.


A utilização de meia entrada é concedida a: estudantes, professores, pessoas com 60 anos ou mais e funcionários de instituições culturais (limite de até 5 funcionários de uma mesma instituição).


Materiais complementares como, bibliografia do curso, PDFs, links de vídeos indicados pelo professor, serão compartilhados através de uma pasta virtual, gerenciada pelo professor e a coordenação do curso. O material ficará acessível por tempo limitado.


Pedidos de cancelamento ou transferência serão aceitos até a véspera de abertura do curso.


O inscrito pode desistir do curso no prazo em até 7 dias corridos, a contar da data da compra, e assim solicitar o estorno do valor investido.


O inscrito que desistir do curso após 7 dias corridos, a contar da data da compra, e antes do início da atividade, pode solicitar o reembolso do valor investido. O reembolso deve ser realizado em até 30 dias ou conforme planejamento do departamento financeiro.


Pedidos de cancelamento ou transferência, enviados após início do curso, não serão considerados, visto a necessidade de organização das atividades.


A declaração de frequência de participação será emitido aos que obtiverem 75% de presença durante o curso, ou seja, logados no momento da transmissão do curso. O acesso aos vídeos das aulas do curso não será considerado na contagem de frequência.


O curso poderá oferecer interprete/tradução em Libras e audiodescrição. Esses recursos de acessibilidade podem ser solicitados por e-mail até 5 dias antes do início do curso.


Mais informações pelo e-mail cursos@pinacoteca.org.br


Sobre a professora


Talita Trizoli é pós-doutoranda no IEB-USP e investiga crítica de arte e mulheres no Brasil. Doutora em Educação e Mestra em Estética e História da Arte, com pesquisa na área de arte e feminismo no Brasil, com ênfase nas décadas de 60/70. Possui publicações em revistas nacionais e internacionais, e atividades de crítica de arte, investigação, curadoria e ensino, sendo sua pesquisa referência para os estudos de arte e gênero no Brasil. Foi curadora da exposição “A Margem é mais Larga que o Vão” na Galeria Central em 2021, “O vazio do cheio” de Julia Milward em 2019, co-curadora da exposição “Iminência de Tragédia”, contemplada pelo projeto FUNARTE Conexão e Circulação 2016. Atualmente é coordenadora do grupo de estudos Vozes Agudas, do Ateliê 397 e do Prêmio Vozes Agudas para mulheres artistas e sua exposição homônima, realizada respectivamente na Galerias Jaqueline Martins e Galeria Karla Osório..