• Fernand Lodi

Professores levam alunos para aula de arte e de história na Fundação Aperam Acesita



Na última semana, para 45 alunos do ensino fundamental da Escola Estadual Celina Machado, de Coronel Fabriciano, o processo de aprendizagem ganhou novo espaço, além da sala de aula.

Professoras da turma do oitavo ano do colégio aproveitaram a oportunidade de ministrar lições diferentes aos estudantes, levando-os para conhecer o museu e a galeria de arte da antiga Casa de Hóspedes, hoje, Fundação Aperam Acesita.


“No colégio, durante o terceiro bimestre, eu trabalhei a semana da Arte Moderna de 1922.


Expressões artísticas, como cordel, pinturas e esculturas, foram algumas artes que os alunos conheceram nesse período. Como forma de aproximá-los desse aprendizado, vi na Fundação Aperam Acesita uma oportunidade de fomentar o interesse deles pela arte”, conta a Kênia Duarte Machado, professora de português da escola.


A Aperam South America foi a primeira empresa a criar um Centro Cultural na região do Vale do Aço (MG) em outubro de 1994, um pioneirismo que marcou toda a sua história de difusora de cultura e promotora de talentos da região e outros vindos de toda as partes do país.


“Desde a sua criação, a Fundação Aperam Acesita identifica, fortalece e estimula artistas e grupos da região. Os alunos puderam se informar sobre essa importante atuação da empresa no campo das artes, da cultura, durante a visita à galeria onde puderam conhecer obras de artistas locais, como Fábio Ávila e Zélia Lúcia, moradores de Coronel Fabriciano”, conta a professora.


Uma manhã no museu


Durante a visita, os alunos também tiveram a oportunidade de conhecer um museu pela primeira vez e puderam conferir os painéis, mobílias e objetos, que ajudam a contar um pouco da trajetória, e os momentos mais marcantes da história da Aperam South America, antiga Acesita.


Os alunos ainda conheceram as principais matérias primas utilizadas na produção do aço, como o minério de ferro, quartzo e a dolomita, e o aço especial resultante de todo o processo.


“Sabe-se que a empresa é uma das principais movimentadoras da economia do Vale do Aço, portanto conhecer mais e melhor esse empreendimento imenso é necessário, não só pelas oportunidades de trabalho geradas, mas também porque em sua essência a Fundação valoriza pessoas, comunidades, sua cultura e história”, pontuou Kênia.


O aluno Daniel, que integra a turma do oitavo ano, aproveitou a aula em todos os seus momentos, mostrando, que além de aprender, se divertiu muito. “A Fundação Aperam é muito bonita e importante para a nossa região, pois trás muita cultura e história para a população”, observa Daniel.


Visitas monitoradas


As visitas monitoradas são gratuitas, e as escolas que tiverem interesse em realizar o passeio guiado podem entrar em contato com pelo telefone 31 3849.7744 para fazer o agendamento.

ESSENCIAL AR

"Arte é a Prática da Verdade, do Bem e do Belo, ou seja, Ética, Filosofia e Estética em todos os Âmbitos da Vida"    Massararu Taniguchi/Filósofo Japonês

Telefone Contato

31 988543133

email de contato
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram