• Fernand Lodi

Projeto da Univaço visa barrar fake news sobre a Covid 19 no Vale do Aço



Covid em Evidência é uma iniciativa de alunos e professores no combate a desinformação sobre o novo coronavírus


A pandemia do novo coronavírus pegou o mundo de surpresa. Pouco mais de cinco meses após a confirmação do primeiro caso da doença no Brasil, a pandemia já provou sua dimensão e força perante a todos os setores da sociedade.


Tão veloz quanto a disseminação do próprio vírus está o compartilhamento de fake news (notícias falsas) sobre ele, nas redes sociais e internet.


Pensando nisso, alunos e professores da Univaço, faculdade de medicina de Ipatinga-MG, criaram o projeto Covid em Evidência para esclarecer dúvidas, desmentir informações falsas e informar a população sobre mitos e verdades da Covid 19 nas redes sociais.


O projeto iniciou após a acadêmica Patrícia Coelho Ferreira receber uma enxurrada de informações falsas sobre o coronavírus pela internet. Indignada e sabendo que o conteúdo que recebia era enganação, ela ficou preocupada com quem não conseguia distinguir o que era falso do que era verdade.


“As notícias normalmente, chegam às pessoas com grande apelo emocional, carregadas de sentimentos diversos que vão da esperança à raiva. Isso faz com que sejam compartilhadas mais facilmente e em minutos. Por isso, a necessidade de filtrar o que recebemos e esclarecer dúvidas com fundamentos científicos sobre o assunto”, afirma Patrícia.


Além de combater a fake news, o Covid em Evidência, também, atualiza a população das descobertas científicas sobre o vírus como formas de prevenção, sintomas, riscos à saúde e o andamento da produção das vacinas.


É composto por alunos de vários períodos do curso de medicina, professores e especialistas no assunto que monitoram e supervisionam todo o conteúdo criado para a divulgação nas redes sociais.


Para o médico cardiologista, intensivista e professor da Univaço Norberto De Sá, uma das armas de combate a desinformação é investir na conscientização da população.


“Em meio a uma pandemia cercada de dúvidas, esse projeto chega para servir como uma ferramenta poderosa de comunicação e informação sobre saúde pública, principalmente aqui no Vale do Aço. A situação por si só já é delicada e o medo, e a insegurança podem colocar a saúde de quem acredita em boatos em risco. ”


Segundo a bióloga, professora da Univaço e orientadora do projeto Ana Carolina Vale Lisboa, em pouco tempo, a iniciativa já está fazendo a diferença na vida das pessoas.


“Tivemos retornos positivos, pessoas agradecendo pelos esclarecimentos. Alguns relataram que já não acreditam mais em tudo que recebem e não repassam informações que têm dúvidas da veracidade delas. Além disso, conseguimos também, conscientizar as pessoas sobre a importância da adoção de hábitos preventivos como uso de máscaras, higiene das mãos e o distanciamento social. ”


Para evitar a disseminação das fake news e não ser vítima delas, é sempre importante checar as informações antes de divulgá-las ou repassá-las. Então, se estiver com alguma dúvida sobre uma determinada informação que recebeu ou desejar algum esclarecimento é só procurar o projeto @covidemevidencia nas redes sociais.

ESSENCIAL AR

"Arte é a Prática da Verdade, do Bem e do Belo, ou seja, Ética, Filosofia e Estética em todos os Âmbitos da Vida"    Massararu Taniguchi/Filósofo Japonês

Telefone Contato

31 988543133

email de contato
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram