• Fernand Lodi

Trilha ONG’s | Empreendedorismo e desenvolvimento econômico sustentável



São pautas de capacitação para organizações do terceiro setor


A Fundação Aperam Acesita, em parceria com o Sebrae, lança neste mês a Trilha ONG’s. A iniciativa, que visa potencializar as atividades do terceiro setor por meio de capacitações, objetiva auxiliar representantes de organizações não governamentais no fortalecimento de suas instituições.


Outro propósito é contribuir na organização das estratégias de trabalho de iniciativas privadas de utilidade pública com origem na sociedade civil, gerando demandas para a construção de projetos, captação de recursos e desenvolvimento para os grupos.


A Trilha ONG’s tem como público-alvo instituições como associações de produtores, sindicatos de produtores/trabalhadores, associações comunitárias e grupos não-formalizados, conselhos de desenvolvimento rural sustentável, cooperativas, entre outros que realizam atividades ligadas ao terceiro setor.


As vagas são limitadas, e as instituições interessadas podem se inscrever pelo link http://bit.ly/trilhaongs, até o dia 25/08.


Cada organização poderá ser representada por até três participantes. Os encontros serão realizados de forma on-line pela plataforma Google Meet.


A capacitação terá início no dia 31 de agosto, e será desenvolvida em três módulos. O primeiro, que terá como tema o Intraempreendedorismo, trará em sua programação o workshop Liderança, Empreendedorismo e Protagonismo.


As instituições ainda contarão com uma mentoria de duas horas para diagnóstico inicial da instituição, matriz de priorização de problemas e plano de ação.


O segundo módulo terá como tema Instituições Fortes. Será ministrado o workshop Estratégias de Sustentabilidade em Instituições, com mentoria de duas horas/instituição para a construção do modelo de negócios de plano de ação.


O terceiro módulo, Captação de recursos e plano de acompanhamento, irá contar com o workshop Captação de recursos para Instituições sem fins lucrativos, além de mentoria para a elaboração de um projeto de captação de recursos para os grupos que apresentarem esta demanda, e de um plano de ação com foco no desenvolvimento sustentável para as demais instituições.


Além dos módulos, as instituições poderão participar de oficinas bônus durante o Trilha ONG’s.

Para o Presidente da Fundação Aperam Acesita, Venilson Vitorino, a iniciativa é o ponto de partida para potencializar as ações das organizações não governamentais do Vale do Jequitinhonha e Vale do Aço.


“Acreditamos que a capacitação, juntamente com a mentoria, vai ser uma forma de acompanhar mais de perto a evolução desses grupos, fomentando a atuação destes junto às frentes trabalhadas”, ressalta.


De acordo com o analista técnico do Sebrae Minas, Julian Rodrigues, “a Trilha ONG’s surgiu a partir de uma proposta da Aperam BioEnergia e Fundação Aperam Acesita de capacitar essas organizações. A demanda veio ao encontro do desejo do Sebrae de contribuir para potencializar essas instituições, uma vez que são protagonistas muito importantes para o desenvolvimento local no nosso território”, pontua.