• Fernand Lodi

Usiminas destina R$ 7,2 milhões a projetos sociais


Recursos são provenientes de dedução fiscal e beneficiam entidades cadastradas no Fundo da Infância e Adolescência, Fundo do Idoso e Pronas

Entidades assistenciais de 14 cidades de Minas Gerais e de São Paulo poderão contar com mais de R$ 7 milhões destinados pela Usiminas para a manutenção de atividades de assistência e atendimento à população.


O repasse dos recursos foi feito pela companhia por meio da destinação de 1% do Imposto de Renda devido das empresas Usiminas, conforme previsto na lei, em benefício de instituições dessas cidades cadastradas no Fundo da Infância e da Adolescência (FIA), Fundo do Idoso e Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (Pronas). Desse total, pouco mais de R$ 2,5 milhões foram destinados ao Fundo da Infância e Adolescência de 10 cidades mineiras*, além dos municípios paulistas de Cubatão e Guarulhos. Para o Fundo do Idoso, o valor também de R$ 2,5 milhões, foi dividido entre instituições dos mesmos municípios, com exceção de Igarapé (MG). Já os recursos destinados por meio do Pronas irão financiar as APAEs (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Itaúna (MG) e Inhapim (MG) e também a Associação Nacional de Desenvolvimento Esporte e Educação, de Santos (SP). O valor repassado ao programa é de R$ 2,198 milhões. “A Usiminas reconhece a importância do trabalho desenvolvido pelas entidades beneficiárias dos fundos, especialmente, junto às comunidades de maior vulnerabilidade social. O repasse de recursos a esses fundos é mais uma maneira contribuirmos para o desenvolvimento e a melhoria da qualidade de vida nas localidades onde estamos presentes”, avalia Ana Gabriela Dias Cardoso, diretora de Comunicação e Relacionamento Institucional da Usiminas. O montante foi depositado em dezembro de 2020, para execução dos projetos sociais ao longo deste ano. O repasse realizado por meio do FIA e Fundo do Idoso beneficiam entidades previamente habilitadas pelos conselhos em cada município. Já em relação ao PRONAS, o recurso é doado diretamente a projetos previamente aprovados pelo Ministério da Saúde. O trabalho é conduzido pelo Instituto Usiminas, braço social da companhia, que indica as entidades a serem beneficiadas e acompanha a aplicação dos recursos. Nos últimos cinco anos, a Usiminas destinou mais de R$ 14 milhões, por meio de dedução de Imposto de Renda, a Fundos da Infância e Adolescência, Fundos do Idosos, Pronas e Pronon (Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica) de diversas cidades. Os recursos beneficiaram 97 projetos de entidades como creches comunitárias, casas de acolhimento, ações sociais como Projeto Mantiqueira de Cubatão - que atende dezenas de crianças e adolescentes com atividades culturais - e instituições como o Hospital Mário Penna, em Belo Horizonte. Uma das entidades beneficiadas no ano passado e novamente indicada pela Usiminas para o recebimento de recursos via Fundo do Idoso é o Instituto Esperança, de Santa Luzia. A instituição atua há oito anos no acolhimento de 20 idosas em tempo integral. “O valor que recebemos da Usiminas foi fundamental para a manutenção de atividades como terapia ocupacional e musicalização, especialmente em um ano de crise como 2020.


Nosso objetivo é proporcionar qualidade de vida, dignidade e a defesa dos diretos dos idosos e, para isso, precisamos sempre dessa atuação em parceria com empresas e outros doadores”, destaca Aline de Souza, gestora social do Instituto Esperança.

ESSENCIAL AR

"Arte é a Prática da Verdade, do Bem e do Belo, ou seja, Ética, Filosofia e Estética em todos os Âmbitos da Vida"    Massararu Taniguchi/Filósofo Japonês

Telefone Contato

31 988543133

email de contato
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram