top of page
  • Foto do escritorFernand Lodi

Vanuza Bárbara, Moda e Sustentabilidade



A estilista Vanuza Bárbara, sensibilizada com os tempos obscuros no Rio Grande do Sul associa moda à sustentabilidade e meio ambiente com eloquência


Em tempos difíceis, como os que enfrentamos agora com a tragédia no Rio Grande do Sul, falar sobre tendências não se limita apenas a observar mudanças superficiais.


É também uma reflexão sobre as transformações profundas que ocorrem na sociedade, na economia e na cultura.


Por exemplo, durante períodos de crise, surgem novas necessidades e prioridades que influenciam diretamente o comportamento das pessoas e o desenvolvimento de produtos, serviços e tecnologias.


Além disso, as tendências refletem não apenas os desafios imediatos que enfrentamos, mas também as aspirações e valores subjacentes da sociedade.


Por exemplo, em meio a uma crise de saúde pública, tendências relacionadas à saúde, bem-estar e sustentabilidade podem se tornar mais proeminentes, enquanto em uma crise econômica, as tendências podem se concentrar em simplicidade, economia e resiliência financeira.


Ao analisarmos as tendências em tempos difíceis, também é importante considerar como essas mudanças impactam diferentes setores da sociedade, desde o comportamento do consumidor até as políticas governamentais.


Além disso, as tendências podem ter efeitos duradouros, moldando o futuro mesmo após a superação da crise inicial.


Portanto, discutir tendências em momentos de dificuldade não é apenas uma questão de prever o que está por vir, mas também de entender como as sociedades se adaptam e evoluem em resposta aos desafios que enfrentam, criando oportunidades para inovação e progresso mesmo em meio à adversidade.

Comments


  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
bottom of page