top of page
  • Foto do escritorFernand Lodi

Visita Jornalistas à CENIBRA e divulgação do Relatório de Sustentabilidade 2023



Nossa visita à CENIBRA nos permitiu observar a meritocracia e excelência como empresa cidadã, tanto no interior e nas vias da fábrica com foco em favorecer os colaboradores como em todas as suas áreas de atuação nos aspectos sócio-artístico-cultural-ambiental e no seu entorno.


Todos foram recebidos como sempre com cordialidades e gentilezas pela equipe de comunicação, pelos Analistas de Comunicação Eleonora Valadares e Gabriel Miranda, Isabel Mônica, Especialista Socioambiental e pela Diretora de Comunicação Débora desde nosso translado e durante os percursos que fizemos.


Todos iniciaram visitando o Viveiro Florestal de eucaliptos e, posteriormente mais um translado até a fábrica de celulose para conhecer o processo produtivo da empresa, seguindo todas as regras e normas da indústria. Uma experiência inusitada e bastante conhecimentos e esclarecimentos sobre a indústria.


Na sequência fomos direcionados até o galpão de eventos onde acontece a Semana da Cultura e Diversidade com a apresentação de produtos, artesanatos, alimentos e muito mais por entidades que a CENIBRA apoia em lugares e cidades no entorno do Vale do Aço e Vale do Rio Doce com veemência inefável.


Após visitação à feira e adquirir alguns produtos de elevada qualidade e beleza fizemos mais um translado para a Casa de Hóspedes da CENIBRA para um requintado almoço.


Em seguida fomos convidados para o salão de palestras, onde fomos recebidos novamente pela equipe de comunicação, Sandro Morais Santos – Acessor de Sustentabilidade e Diretor-Presidente do Instituto CENIBRve Edson Valgas – Coordenador Socioambiental e Diretor Executivo do Instituto CENIBRA.


Na oportunidade Sandro Morais Santos apresentou e comentou sobre o lançamento do Relatório de Sustentabilidade 2023, detalhando às práticas sustentáveis da empresa relativas ao ano que passou, documento que apresenta também as ações de destaque da CENIBRA, nos pilares ambiental, social, de governança, econômico e inovação.


Nesta edição, as informações do Relatório de Sustentabilidade estão organizadas com base no BioSustentação, o planejamento estratégico da CENIBRA que reúne os temas materiais, compromissos e metas para curto, médio e longo prazo.


Para os Diretores da Empresa, o BioSustentação marca o início de mais um ciclo da história da companhia e é maior conquista de 2023. “Com o BioSustentação, a CENIBRA traz novas diretrizes estratégicas e estabelece a visão de se tornar uma força transformadora por meio de práticas sustentáveis – relevantes não só para nós, mas para o mundo –, tornando-se um exemplo no mercado”, destacou o Diretor Sandro.


Entre os marcos destacados no documento, estão: o projeto de modernização da linha de fibras na Fábrica, em Belo Oriente; a transformação digital para áreas da logística, do compliance e da gestão de pessoas; o novo procedimento de diagnóstico socioambiental; e a reestruturação do processo de Gestão de Riscos.


Segundo Sandro Morais Santos, assessor de Sustentabilidade da CENIBRA, o BioSustentação foi muito além da criação de novas metas. “Para dar mais solidez ao nosso plano, reestruturamos também alguns dos próprios processos da CENIBRA. E foi nessa reestruturação, no processo de olhar para dentro e questionar como podemos ser melhores e mais relevantes, que nós fortalecemos o nosso compromisso com a vida”, explicou.


Elaborado anualmente de acordo com os padrões da Global Reporting Initiative (GRI) e verificado por auditoria independente, com o objetivo de garantir a transparência e a confiabilidade dos dados, o Relatório de Sustentabilidade 2023 está disponível no site www.cenibra.com.br.


Destaques


Em suas áreas, a CENIBRA possui 4,5 mil nascentes mapeadas e conservadas na Bacia do Rio Doce;


A Empresa fomenta a economia estadual, com mais de R$ 1,98 bilhão gastos com fornecedores locais;


Em 2023, a CENIBRA recebeu zero denúncias ou processos judiciais públicos relacionados à concorrência desleal e à corrupção;


Foram um 1,143 milhão de toneladas de celulose comercializadas;


O projeto de modernização do parque industrial teve importantes avanços, com novos picadores de madeira, nova planta de branqueamento e nova planta de lavagem marrom.


Ao final da apresentação a diretoria e os analistas de comunicação agradeceram a presença de todos e nos convidaram para fazer um registro fotográfico entre eles, que se despediram oferecendo uma bela e volumosa cesta com produtos da Feira de Cultura e Diversidade a cada um dos participantes.


Muito obrigado à CENIBRA e a todos que nos receberam e nos acompanharam em todos os trajetos desde nosso translado até às áreas da indústria, finalizando com cordialidades e gentilezas como sempre.

 



Comentários