• Fernand Lodi

Corujas serão soltas, após terem sido reabilitadas no Centro de Biodiversidade da Usipa



Na última semana, o Centro de Biodiversidade da Usipa recebeu duas corujas, de diferentes espécies, que acidentalmente ficaram presas em uma armadilha para pegar ratos, popularmente conhecida por “cola ratos”.


As corujas foram reabilitadas pelo Cebus e serão soltas na noite desta quinta-feira (30/04), devido aos hábitos noturnos. O local não será divulgado para a segurança dos animais.


Apesar da familiaridade entre os casos, como a forma que elas foram encontradas e a semana que foram entregues ao Cebus, as corujas vieram de locais distintos.


A Coruja-orelhuda (Asio clamator) foi recolhida pelo Corpo de Bombeiros na cidade de Santana do Paraíso. Já a coruja Suindara (Tyto furcata) foi entregue aos bombeiros de Timóteo para ser recuperada.


Segundo a bióloga do Cebus, Cláudia Diniz, “Provavelmente, a armadilha capturou os ratos e as corujas foram até o objeto para se alimentarem destes animais, pois eles são as presas preferidas destas corujas”.


O médico-veterinário da Usipa, Lélio Costa e Silva, explica porque as aves tiveram que passar pelo período de reabilitação no Cebus.


“Devido à cola que ficou presa às asas das corujas, tivemos que lavá-las e friccioná-las para retirar o material. Isso prejudica a estrutura das penas do animal e dificulta a manutenção da temperatura corporal, pois a penugem é essencial para isso”, explica.


A equipe do Cebus reforça que é preciso ter cuidados ao utilizar armadilhas e venenos (permitidos por lei) para ratos. Estes devem ser colocados em locais fechados, para que não prejudiquem os animais da fauna silvestre.


O trabalho do Cebus


O Centro de Biodiversidade da Usipa é uma instituição que há mais de 60 anos abriga, cuida, reproduz e reabilita animais silvestres no Vale do Aço.


Atualmente, o Cebus passa por uma reestruturação técnico-administrativa, visando a consolidação de seu importante papel ambiental e educacional com a preservação das espécies silvestres.


Desde abril de 2017, o Programa de Reabilitação da Fauna Sem Lar é desenvolvido pelo Cebus, juntamente com o Instituto Estadual de Florestas (IEF), a Polícia de Meio Ambiente e a Associação de Proteção Ambiental do Vale do Aço (ARPAVA).


O programa tem o objetivo de receber, tratar, medicar e reabilitar animais da fauna local provenientes de apreensões, resgates, doações voluntárias ou maus tratos. Os animais são trazidos ao Cebus pela Polícia de Meio Ambiente, Corpo de Bombeiros e pelo IEF.


Quer ajudar o Cebus a realizar sua importante tarefa na preservação dos animais silvestres? Conheça o Programa de adoção de animais Pai dos Bichos! Sua doação será muito bem vinda. Mais informações pelo telefone (31) 3801-4383 ou pelo e-mail cebus@usipa.com.br.

ESSENCIAL AR

"Arte é a Prática da Verdade, do Bem e do Belo, ou seja, Ética, Filosofia e Estética em todos os Âmbitos da Vida"    Massararu Taniguchi/Filósofo Japonês

Telefone Contato

31 988543133

email de contato
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram