• Fernand Lodi

Lideranças fazem balanço da Agenda de Convergência em 2020



Na última reunião do ano lideranças que compõe a Agenda de Convergência do Vale do Aço reuniram-se remotamente para um balanço das ações nos seis eixos estruturadores: Infraestrutura, Segurança, Saúde, Educação, Competitividade e Sustentabilidade.


“Apesar de todos os desafios, 2020 foi um ano de muito aprendizado e conquistas. Os grupos trabalharam com bastante afinco”, define Flaviano Gaggiato, coordenador da iniciativa e presidente da FIEMG Regional Vale do Aço, durante reunião na noite dessa segunda-feira, 07/12.


Com a pandemia, os encontros bimestrais que acontecem na sede da FIEMG, em Ipatinga, deram lugar a reuniões virtuais e criação do comitê de enfrentamento da Covid-19.


“Infelizmente, a perspectiva é que a pandemia ainda persista na nossa região e mesmo a vacina chegando, a epidemia só deve arrefecer a partir do segundo semestre do ano que vem. Portanto, continuemos tomando todas as medidas de prevenção”, reforça o coordenador do eixo Saúde, Mauro Oscar Lima.


Segundo o coordenador, apesar de todo esse cenário da Covid-19, importantes entregas foram feitas a sociedade como: a ampliação de leitos do Hospital José Maria Morais, a finalização da implantação do SAMU Regional, acompanhamento da implementação da UPA de Timóteo e implantação da UPA em Coronel Fabriciano.


“O grande desafio para o próximo ano na área da saúde é ajustarmos qual será o ponto de equilíbrio entre trabalhar na vigência da pandemia e também operacionalizar os pacientes com outras doenças”, disse.


Já no eixo Segurança foi concluído os trâmites da documentação do terreno doado pela Cenibra para o Estado para construção do Centro Sócio Educativo - CSE; a regularização da documentação para construção do IML de Ipatinga; além da instalação de mais de 200 câmeras focadas em logradouros públicos em diversos bairros de Ipatinga.


Várias conquistas também foram celebradas no eixo Infraestrutura, dentre elas a conclusão do lote 7 (36km duplicados e liberados para uso) e a renovação da licença ambiental por mais 4 anos, além da retomada das obras com previsão de término 12/2021 da LMG 760, após a liberação dos recursos da Fundação Renova e BNDES.


Uma preocupação que ainda persistirá no início do próximo ano é a conclusão do lote 3.1, a licitação para concessão da 381, e a liberação dos recursos para a obra e consequente reabertura do aeroporto regional do Vale do Aço.


“Precisamos do empenho dos nossos deputados federais e estaduais para cobrar e reforçar a importância desse aeroporto para nossa região”. Vale ressaltar que Ipatinga tinha cinco voos diários para Belo Horizonte que movimentavam cerca de 15 mil clientes por mês.


Avanços


Na educação os projetos foram bastante afetados pela pandemia. No entanto, de maneira geral, foi possível a realização de ações remotas e/ou mediadas por tecnologias, o que possibilitou o andamento das ações.


Um exemplo é o Projeto de Cultura Empreendedora, uma parceria do SEBRAE com a superintendência regional de ensino de Coronel Fabriciano que atuou em diversos municípios e impactou na vida de milhares de alunos e professores.


“A tecnologia possibilitou o sucesso nessas palestras e seminários. Se tivéssemos realizado presencialmente, não teríamos atingido um público de mais de mil pessoas”, pontuou o coordenador do eixo, Genésio Zeferino.


No eixo Competitividade Fabrício Fernandes apresentou a consolidação da reavaliação da governança do APL metalmecânico e a pesquisa que será feita de dezembro de 2020 a janeiro de 2021 com 120 empresários do setor metalmecânico para traçar o diagnóstico no Vale do Aço. “O último diagnóstico foi realizado em 2005. Contamos com o apoio e participação dos empresários para fortalecermos o setor metalmecânico da região”.


Para 2021 ele destaca ações de fortalecimento do turismo e o desafio de mobilizar os municípios, para o lançamento da Rota do Cicloturismo que contemplará cinco municípios com 196,3km de percurso. Pontuou também a estruturação do projeto para aumentar o comércio e prestação de serviços do Vale do Aço e consolidação para inserção dos dados dos municípios no site location, do INDI.


Sustentabilidade contou com o restabelecimento da campanha Vale Votar com viés municipal. Sinergia com as ações do GTGH (Grupo Trabalho - Gestão Hídrica) do Comitê Estratégico das Empresas âncoras do Vale do Aço, além de projetos e ações focados nos desafios da Gestão Hídrica nas Indústrias, com objetivo de garantir a segurança hídrica para as operações industriais em curto, médio e longo prazo e o desenvolvimento do Parque Estadual do Rio Doce - PERD como um atrativo turístico, fortalecido pelos investimentos feitos através de contrapartidas compensatórias.


Durante a reunião o coordenador do eixo, Venilson Vitorino, informou que tinha acabado de ser aprovado, durante a 6ª reunião extraordinária da Câmara de Atividades de Infraestrutura de Energia, Transporte, Saneamento e Urbanização - CIF junto a Fundação Renova, R$93 milhões de recursos para o PERD, uma conquista para o Vale do Aço.


Após as apresentações a reunião foi encerrada por Flaviano Gaggiato que agradeceu a dedicação de todos e desejou um 2021 mais leve, de muita saúde e realizações. ”Que possamos estar juntos, presencialmente, nos próximos encontros e que a nossa Agenda de Convergência se faça cada vez mais essencial para nossa região”, concluiu.


ESSENCIAL AR

"Arte é a Prática da Verdade, do Bem e do Belo, ou seja, Ética, Filosofia e Estética em todos os Âmbitos da Vida"    Massararu Taniguchi/Filósofo Japonês

Telefone Contato

31 988543133

email de contato
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram