• Fernand Lodi

Sensações e Sabores de Portugal



Os empresários Cristina Lodi Dias e Miguel Soares Dias passaram temporada em Portugal visitando inúmeras atrações turísticas e a Gourmande Cristina aproveitou para realizar cursos gastronômicos para ampliar opções do Buffet Prima Pasta


Até pouco tempo atrás Portugal não era um destino europeu que tinha tanta atenção quanto seus vizinhos, mas agora está super na moda. E não é para menos, pois há muito o que fazer em Portugal, já que o país possui inúmeras atrações turísticas que podem fazer da sua viagem uma experiência única.


E não é só pela proximidade da língua – que, apesar de grandes diferenças, ainda assim é o Português, mas os pontos turísticos de Portugal atraem muita gente: paisagens belíssimas, grande riqueza cultural e histórica com construções medievais que levam influências de diversos povos, além da famosa gastronomia, como os vinhos e os doces.



Um país pequeno, mas cheio de atrações e pontos turísticos, Portugal é rico em história e cultura, já que diversos povos passaram por seu território, como celtas, árabes, mouros, fenícios, romanos, etc. Uma mistura assim com certeza daria belas construções e herança cultural extensa.


Cada cidade possui diversas atrações históricas e boas oportunidades gastronômicas, até as pequenas vilas, que representam bem o estilo de vida português: qualidade de vida, tranquilidade e, principalmente, viver bem com pouco.


A gastronomia portuguesa é bastante famosa pelos frutos do mar e pelos doces à base de ovos e muito açúcar. Quem também são destaques são o vinho e os azeites do país


CASCAIS



Cascais, na costa ocidental portuguesa, no ponto extremo da Europa Continental, é uma zona balneária por excelência. Numa costa marítima de 30 Km há várias praias à escolha, umas de traços mais selvagens e rodeadas por um bonito cenário de dunas e serra, outras mais perto do centro da vila e acessíveis a pé.


Assim, mantendo a base em Cascais, e depois de explorar todos os recantos e aproveitar a boa onda da vila, é possível entrar no carro e perceber porque é que Lisboa é uma das capitais europeias do momento e tem andado nas bocas do mundo, e ainda descobrir a aura mística de uma vila carregada de romantismo chamada Sintra, Património Mundial da UNESCO.


ALGARVE



O litoral do Algarve é obra de escultor. Nos 60 km de costa entre Lagos e Albufeira, miríades de prainhas (e um bom número de praiões) se sucedem por entre as falésias, com direito a mirantes que escancaram a transparência dos azuis e verdes do mar.


As praias mais bem esculpidas vêm com rochedos que brotam na areia ou mesmo no meio do mar. Cavernas, túneis e arcos de pedra, naturalmente modelados pela natureza, completam a paisagem -- às vezes à vista, outras vezes revelados apenas em passeios de barco.


LISBOA



Perder-se pelas ruas do Alfama, bairro tradicional com ladeiras íngremes, ao som de um belo fado, subir até o Miradouro da Senhora do Monte e lá do alto apreciar uma vista de tirar o fôlego, caminhar sem pressa pela orla do Tejo, deliciar-se com uma bela posta de bacalhau e uma taça de vinho em algum bom restaurante e depois adoçar o paladar com o famoso pastel de Belém…


EVORA, OBIDOS, NAZARE, FATIMA, ALCOBAÇA, COIMBRA E PORTO



Trezentos quilômetros em estradas impecáveis separam a linda Lisboa da descolada e, nova queridinha, Porto.


Quem tem alguns dias para curtir Portugal pode se dar ao prazer de desfrutar o charme simpático da capital do país e ainda tomar um vinho de frente para o Douro curtindo o skyline baixinho e colorido da Ribeira.



A pequenice de Portugal permite que a exploremos de cabo a rabo. Você pode escolher se quer chegar no mesmo dia de Lisboa ao Porto, ainda assim fazendo paradas, ou pernoitar pelo caminho.


Corre-se o risco da Vila de Óbidos passar despercebida pelo caminho. Isso porque a cidadezinha do século 13 resiste e existe sob a proteção de muralhas medievais, como se fosse um castelo.



Por lá o tempo parou e as casinhas preservadas encantam pelo contraste do branco das paredes com o colorido das cores primárias que alegram as portas e janelas. Para arrematar a paisagem, estão os graciosos gerânios coloridos. Óbidos também é a terra da ginjinha, um licor de cereja queridíssimo pelos portugueses.


Nazaré, praticamente dependurada sobre um penhasco na costa, passou a chamar atenção nos últimos anos pelas ondas gigantes, ou maiores ondas do mundo, e sua repercussão na mídia. A temporada das ondas grandes acontece nos meses frios, entre outubro e janeiro (o espetáculo pode ser visto em segurança de um mirante).



A vibe da vila reúne surfistas corajosos (ou insanos?) e tradições antigas. A mais conhecida são as sete saias vestidas pelas nazarenas.


Também detentora de um dos mais belos patrimônios históricos de Portugal, o Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça é literalmente o centro de Alcobaça.



A monumentalidade chama atenção, mas os pontos altos da visita são os túmulos de Dom Pedro I e sua amante Dona Inês de Castro. Além do mosteiro, os melhores doces conventuais de Portugal estão lá, na Pastelaria Alcôa.



Chegando no Porto, passar o dia conhecendo caves e degustando Vinho do Porto é tentador, mas o centro histórico e arredores também reservam muita coisa interessane. Palácio da Bolsa, Livraria Lello, Palácio de Cristal e Estação São Bento são passeios tão obrigatórios quanto provar o vinho.



Visitar o Santuário de Fátima em Portugal é certamente uma experiência indescritível. Pessoas dos mais diversos lugares do mundo acorrem à mística cidade a fim de terem uma experiência de oração e intimidade com Deus.




  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram