• Fernand Lodi

Programa Futuro do Trabalho capacita mais de 30 jovens e adolescentes





Curso foi realizado pela Fundação Aperam e Junior Achievement


Preparar jovens e adolescentes para o seu futuro profissional de acordo com as demandas do mercado.


É com esse intuito que a Fundação Aperam Acesita, juntamente com a Junior Achievement (JA – MG), realizou o programa Futuro do Trabalho para o público do Vale do Aço.


Por meio de uma aprendizagem prática, on-line e gratuita, a turma foi formada para contemplar meninas e/ou que se identificam com o gênero, que na última semana tiveram a oportunidade de conhecer carreiras em alta, desenvolvendo suas habilidades socioemocionais e identificando suas habilidades, suas preferências por profissão ou profissões a serem escolhidas.


“Enquanto analista de projetos da JA-MG, destaco o grande interesse e envolvimento das participantes dessa turma do Futuro do Trabalho. Foi um grupo muito participativo, visto que a aplicação dele é 100% on-line. As alunas interagiram muito bem, manifestaram curiosidade acerca dos assuntos abordados e puderam sanar suas dúvidas”, pontua Bruna Dolabella, analista de projetos da JA-MG.


Ao todo foram quatro encontros que possibilitaram as alunas a aprender sobre novas oportunidades que serão criadas no mercado até 2026.


“Por meio das aulas apresentamos nosso cenário atual, o que é a indústria 4.0, quais os impactos da tecnologia no nosso dia a dia, além das adaptações que as profissões estão sofrendo devido ao avanço da inteligência artificial e da tecnologia da informação”, relata Bruna.


Os encontros também foram marcados por pautas sobre habilidades comportamentais no mercado de trabalho, conceito de networking, presença no Linkedin, entre outros.


Cybelle Batista dos Santos estuda na escola Estadual Antônio Silva, e tem 17 anos de idade. Moradora da cidade de Timóteo, a adolescente comentou sobre seu aprendizado e a mudança da sua visão de mercado estimulada pelo curso.


“O Futuro do Trabalho me abriu a mente para novos conhecimentos e várias ideias que serão tão importantes para o meu futuro profissional. Com as apresentações de conteúdos ricos tenho aprendido a lidar com situações de uma forma diferente, inovadora e completamente contrária ao que normalmente eu faria. Sou grata a esse projeto por estar sendo muito útil, importante para minha vida”, conclui.


Com as mudanças sendo aceleradas por meio da tecnologia, e até mesmo pela necessidade de se manter o isolamento social em função da pandemia, os jovens que estão ingressando no mercado de trabalho têm sido muito impactados.


“Ensinamos a esse público que a tecnologia é uma aliada, no sentido de otimizar o tempo, dar agilidade às atividades profissionais e pessoais do nosso cotidiano. Além de abrir novos horizontes, novas oportunidades surgem a cada dia no ambiente laboral”, analisa o presidente da Fundação Aperam Acesita, Venilson Vitorino.


SOBRE A JUNIOR ACHIEVEMENT


A Junior Achievement é uma associação educativa, sem fins lucrativos, criada nos Estados Unidos e que já contabiliza mais de 100 anos.


O seu objetivo é levar o empreendedorismo aos jovens, ainda na escola. Atualmente, o trabalho da associação estende-se a mais de 120 países. Recentemente, a Junior Achievement foi eleita a sétima melhor ONG do mundo, segundo ranking do NSO Advisor.


No Brasil, a Organização atua desde 1983, nos 27 Estados, por meio de parceria com a iniciativa privada. Os projetos da Junior já beneficiaram 3 milhões de crianças e jovens brasileiros.