top of page
  • Foto do escritorFernand Lodi

Dani Dornelas inaugura Elas



Fotografias de mulheres compõem a mostra que traduz a busca permanente da fotógrafa pela troca de vivências pessoais para o plano coletivo


A fotógrafa Dani Dornelas inaugura neste sábado (19), às 20h, a exposição Elas. O evento com entrada franca acontecerá no Mi Casa, Su Teatro, espaço alternativo de artes, coordenado pelo diretor artístico Adão de Faria, que fica bairro Cidade Nobre, em Ipatinga/MG.


“Elas retrata mulheres, seres ativos, sujeitos de suas próprias narrativas. As imagens são resultantes de uma busca pessoal percebida nessas pessoas fotografadas e que estão em constante relação comigo”, explica a fotógrafa.


Segundo ela, por meio das imagens, que trazem mulheres e elementos relacionados ao universo feminino, a proposta é fortalecer a busca de autonomia das mulheres, em prol da luta pela igualdade entre os gêneros.


“Essa é uma experiência de auto descoberta mútua, entre mim e as mulheres que completam a minha vida e são homenageadas com esse trabalho. A fotografia, junto com as minhas leituras e com as coisas que me afetam, são os filtros por onde procuro enxergar o mundo. Elas traduz a minha busca por levar minhas vivências pessoais para o plano coletivo, uma experiência simbolizada pelo travessão que acompanha a minha marca, Dani Dornelas, para representar um espaço incompleto em mim a ser preenchido e as minhas travessias. Assim como o meu trabalho, a pessoa Daniela se deixa afetar por outras formas de ser e estar no mundo”, destaca a fotógrafa.


PROGRAMAÇÃO


A mostra compõe a programação da Casa de março e abril deste ano. A abertura de Elas acontecerá ao som dos músicos Liz Eulália e Dalton Palmieri.


No dia 26 de março (sábado), às 20h, haverá uma intervenção poética de Vinícius Siman e show com Lucas Alvarenga. No dia 2 de abril (sábado), às 20h, será a vez de Diego Martins apresentar a performace Antes que o silêncio desnude vazios.


No dia 8 de abril (sexta), no encerramento da exposição Elas, Leandro Cortezão e Leandro Martins apresentarão o projeto musical Jazz Fusion. A cobertura fotográfica do evento será de Geniane Vieira. Rodolfo Bello e Liala Coelho assinam a assistência de produção.


ELA


A fotógrafa ipatinguense Dani Dornelas se define como mãe e uma mulher latinoamericana. Aos 16 anos de idade, ela realizou seus primeiros trabalhos fotográficos, com forte apelo social, “buscando revelar um pouco do que é a vida de pessoas que ficam à margem do sistema social.

Muito especialmente as mulheres vítimas do patriarcado, da condição de serem controladas por homens”, enfatiza, acrescentando que “nos últimos seis anos, seu trabalho tem como foco a investigação de temas como o envelhecimento e a violência de gênero”.


Dani Dornelas desenvolve projetos em múltiplas áreas artísticas e culturais, como cinema, literatura, teatro, cultura popular e no campo socioambiental. A fotógrafa participou da direção e edição de projetos audiovisuais e de editais de fotografia. Neste ano, ela foi selecionada em alguns editais. Por meio desse mecanismo, Daniela realizará a exposição Memórias em Chitas e Elas, no formato presencial.


No ano de 2020, em função da crise sanitária, a fotógrafa participou das exposições virtuais - Etarismo pelo direito de envelhecer, no Memorial da Vale e da Exposição 300 Anos de Minas, pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Em 2021, Dani Dornelas participou da Minas Arte em Casa - Mulher no Plural: múltiplas perspectivas, também no formato online.


Dani Dornelas integrou o projeto Fotografia por Minas, para arrecadação de recursos destinados a pessoas em situação de vulnerabilidade.


FICHA TÉCNICA


Adão de Faria assina a curadoria da exposição; Thales Givisiez, a montagem; Dani Dornelas, a edição das imagens.


A designer Ana Oliveira e a arquiteta de interiores, Letícia Soares, respondem pelas criações das peças promocionais do evento. A impressão fotográfica foi feita pelo laboratório Labellita.


A exposição Elas conta com uma parceria do projeto Mi Casa, Su Teatro e apoio do Grupo Teatral Boca de Cena, por meio do Edital Viva Minas – Premiação de Microprojetos, viabilizado através do Edital de Seleção de Propostas da Sociedade Civil da Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais, por meio da Lei 14.017/2020 – Lei Aldir Blanc.


SERVIÇO


Inauguração da Exposição Elas, no espaço Mi Casa, Su Teatro, de 19 de março a 8 de abril, às 20 h. Entrada franca mediante agendamento pelo telefone (31) 9 8662-4085. Público limitado a 30 pessoas.


ความคิดเห็น


  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram
bottom of page